Home Subscribe Twitter Parcerias TOC Entre na comunidade! Mande um email para nós!

Web Page Hit Counter

16 de mar de 2008

O Caos. 3ª Parte

1 Dando continuidade a nossa história, vamos agora ver a parte principal da teoria de que a vida é caos. A descoberta do caos na vida adulta.

Se você não sabe do que eu estou falando, leia as partes anteriores para acompanhar. clique aqui e aqui.

Uma vez que a idade da debutância já passou, a adolescência já ficou para trás e a puberdade fez com que você se transformasse no animal social que é um adulto, você começa então a viver.

Viver no sentido de ter uma vida, segurar as rédeas da imensa carruagem desgovernada que é o mercado de trabalho, a faculdade, os relacionamentos afetivos, as responsabilidades e obrigações que passam a fazer parte irrefutável de seu dia-a-dia.

Vamos devagar. 17

1º caso: Você acabou de passar por um processo seletivo e entrou em uma faculdade. Seja ela pública, particular, famosa, deconhecida ou qualquer outra coisa, este é seu primeiro contato com a vida adulta acadêmica. Vai ser a partir daí que você vai ouvir coisas como: "agora é pra valer.", "você não está mais na sua escolinha.", "aqui não tem ninguém pra te ajudar" e a minha preferida - dita e repetida por vários professores em sala de aula: "aqui somos todos adultos". É o caos descendo a ladeira.

Ainda me lembro da minha primeira aula na faculdade de Letras da UFRJ. Aula de Grego. A professora entrou em sala 10 minutos atrasada, escreveu o nome de um livro no quadro e 16 disse: "Comprem." - saiu e só voltou na semana seguinte. Melhor foi a segunda aula do dia. Inglês - vocabulário. A criatura entrou já falando na língua da Rainha como se todos fossem nascidos em solo britânico. Alguns disseram que não sabiam nada, que tinham feito prova de espanhol no vestibular e que esperavam aprender a falar inglês na faculdade. A professora só disse: "Desistam ou peçam transferência", virou as costas e continuou a falar como se estivesse em Oxford.

Felizmente o caos universitário é controlável. Após os primeiros ataques de pânico envolvendo as tarefas, livros a serem lidos, o trote inevitável e assustador, a burocracia que antes era lidada pelos pais, os ensaios, dissertações, apresentações e provas que parecem ter sido elaboradas com a intenção de mostrar que você não sabe coisa alguma e que jamais aprenderá, você finalmente se adapta (ou desiste) e segue em frente. Esse é o estado de caos latente, quando 15ele entra em hibernação esperando você chegar ao final do curso para vir te morder na canela. Geralmente quando faltam apenas dois meses para a formatura e uma secretária lá na reitoria vê que você esqueceu de cursar 'História da Literatura Bérbere e seus impactos no mundo atual' e por isso não tem os 5 créditos necessários pra completar sua grade e não pode se formar naquele ano.

2º caso: você não entra em uma faculdade. Talvez você não tivesse mesmo vontade, talvez tenha que trabalhar ao invés de estudar (gravidez e/ou casamento na adolescência normalmente fazem isso). Talvez você tenha tentado, mas não conseguiu ingressar em uma (aí o caos se enrosca em você desde os pés até o pescoço). Imagine-se estudando que nem um alucinado, gastando dinheiro com as taxas de inscrição, tendo crises de pânico e insegurança antes da prova, durante a prova e depois da prova esperando o resultado. E quando ele vem, você entra em depressão. É o caos te mordendo na jugular.

Seja qual for o motivo pelo qual você não passará pelo fantástico sistema de ensino superior nacional, você tem basicamente agora 4 opções na sua vida:

  • Procurar um emprego formal
  • Ficar em casa sendo sustentado por pais ricos (playboy)
  • Ficar em casa sendo sustentado por pais pobres (vagabundo)
  • Partir para a informalidade - esse assunto é vastíssimo.

Nas próximas partes de O Caos cada uma dessas opções será abordada.

Mas tenha em mente que se você se enquadra no 1º caso, imagesessas são as mesmas opções de futuro que você tem pela frente. Com uma única diferença: a possibilidade de você ter um belíssimo diploma para pendurar na parede, guardar na gaveta ou até mesmo forrar o fundo da gaiola do seu canário. É o caos rindo de você. E você achando que ele está rindo para você.

___________________________

Não perca a próxima parte de O Caos.

0 Sacaneadas:

Postar um comentário

Tá a fim de dar uma sacaneada na gente?
Vai em frente... pode falar o que quiser!

Só pedimos pra pegar leve nos xingamentos
=)
Abraços