Home Subscribe Twitter Parcerias TOC Entre na comunidade! Mande um email para nós!

Web Page Hit Counter

13 de mai de 2008

Alta tequinulogia


O vereador Carlos Eduardo (PSB), presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, recebeu denúncias de que hospitais públicos fluminenses usam furadeiras de marcenaria para operar a cabeça de pacientes, os autores dessas denúncias foram médicos cansados da falta de equipamento mais adequado.

Diante das denúncias da Comissão de Saúde, a assessoria de imprensa da Secretaria estadual de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro disse o seguinte:
“Quatro hospitais da rede estadual que fazem neurocirurgia utilizam furadeiras há anos, com brocas próprias para esse tipo de operação, salvando a vida de pacientes que necessitam de cirurgias de emergência. As furadeiras são usadas somente para perfurar o crânio, e todo o restante da cirurgia é feito com material apropriado. Essa prática é comum na rede pública e já foi bastante utilizada por hospitais particulares. Todo o material utilizado nas neurocirurgias é esterilizado adequadamente, descartando o risco de infecções”
Agora o mais interessante é isso aqui:
O presidente da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), José Carlos Saleme, criticou a divulgação como “sensacionalista”. - "Precisa de uma investigação mais séria. Nunca vai ser com esse tipo de sensacionalismo, porque alarmar a população não ajuda em nada”, disse o neurocirurgião.
(...)
- “médicos do mundo inteiro ainda usam a furadeira. O importante é a esterilização delas..."
Sensacionalista uma pinóia!

Se para esse senhor a utilização de uma ferramenta cheia de graxa, poeira, sei-lá-mais-o-quê para abrir um buraco na cabeça de um ser humano é uma coisa normal, pra mim não é.
Se ele acha que a divulgação vai alarmar a população desnecessariamente, eu digo que o "alarme" é necessário sim. Se um parente meu vai passar por uma cirurgia na qual vão fazer um buraco na cabeça dele para poderem cutucar seu cérebro, eu quero pelo menos ter a certeza de que as ferramentas são adequadas.
É extremamente necessário que a população seja alarmada, horrorizada, sacolejada e esbofeteada com essas denúncias e imagens para que alguém um dia talvez possa vir a dar um jeito nessa bagunça, nesse descaso, nesse desrespeito de todos os governantes e autoridades desse país pela sua população.

Os hospitais estaduais Adão Pereira Nunes (Duque de Caxias, Baixada Fluminense), Azevedo Lima (São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio), Rocha Faria (Campo Grande, Zona Oeste do Rio), Getulio Vargas (Penha, Zona Norte do Rio) e o municipal Souza Aguiar (Centro do Rio) são os que mais operam com furadeiras elétricas, segundo as denúncias do vereador.


Veja a foto divulgada e tire suas próprias conclusões sobre o material utilizado ser "esterilizado adequadamente, descartando o risco de infecções”:


Tá lá no G1

.

0 Sacaneadas:

Postar um comentário

Tá a fim de dar uma sacaneada na gente?
Vai em frente... pode falar o que quiser!

Só pedimos pra pegar leve nos xingamentos
=)
Abraços